Pensamentos – Poesias – Contrição

Não te soube cingir
mas restringir teus passos
com meus ímpetos de prisão.
Circunscrita,
a régua da dimensão
foi teu silêncio
contando o tempo
na passividade dos gestos,
abraçando o vento
e tecendo a solidão.
Te busco agora
no infinito da distância
sem censuras a imprimir:
– É tua a trajetória!
Ave liberta, vais voar,
tomar espaços…
Agarrado
ao meu troféu
de espanto,
contemplo
teu vôo dimensional.

Luiz Carlos Varella Prati

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.